policia militar

CONSELHO DE DISCIPLINA (DECISÃO)

O escritório QUINTANILHA ADVOGADOS conquista mais uma vitória, agora no Conselho de Disciplina - 22BPMI-001/11/16, onde a CABO PM Fernanda foi acusada de ameaçar um menor de idade, cuja vida pregressa contava com passagens por furto e posse de entorpecentes.
O CONDEPE teve participação na denúncia “forjada” contra a Policial, todavia, a história caiu por terra, ainda mais quando o membro da instituição de Direitos Humanos, foi preso e condenado, justamente por forjar denúncias contra agentes de seguranças, com o fim espúrio de receber verba da facção criminosa atuante no Estado.
Mesmo assim, a imprensa de Itapetininga, fez grande sensacionalismo.
Assim, com a manutenção da graduada na Corporação, a justiça foi restaurada.
Agradecemos a Cb PM Fernanda pela confiança, desejando-lhe muitas alegrias no futuro vindouro.

EMENTA DA DECISÃO

"Aplicando sanção não exclusória ao Cb PM 118029-A Fernanda Marques de Morais, do 22º BPM/I, à vista do que foi apurado nos autos do CD 22BPMI-001/11/16 (Proc. 264/16-CORREGPM) -(Decisão Final 289/330/17 - Adv. Dr. Gilberto Quintanilha Pucci - OAB/SP 360.552)."